sábado, março 17, 2012

PITÁGORAS E A TABUADA

Pitágoras, matemático grego, nasceu em 570  e morreu  em 497 a.C.. Antes de fundar sua escola, viajou durante 30 anos em busca de conhecimentos passando pelo Egito, Babilônia, Síria, Fenícia, Índia e Pérsia. Ao retornar deste aprimoramento intelectual, fundou sua escola cujo símbolo era um pentagrama ( imagem abaixo ), uma estrela formada a partir das diagonais de um pentágono regular que formavam nos pontos de intersecção, um novo pentágono regular proporcional ao que lhe originou e com razão de proporção igual a razão áurea. Esta razão aparece regularmente na natureza, por exemplo no crescimento das espirais das sementes do girassol e no nosso próprio corpo. É também muito utilizada nas artes e engenharia. Quer saber mais sobre razão áurea, clique aqui. Apesar da escola, Pitágoras ficou famoso pelo teorema que trata das relações entre os lados de um triângulo retângulo. O teorema afirma que o quadrado da hipotenusa    ( lado maior do triângulo retângulo ) é igual a soma dos quadrados dos catetos ( lados menores do triângulo retângulo ), ou seja:  a² = b² + c² . Hoje se sabe que os babilônios já conheciam este teorema, embora de forma rudimentar, bem como os egípcios através de sua corda com treze nós ( 3 + 4 + 5 = 13),  formando o triângulo retângulo de lados 3, 4 e 5, que possibilita a construção de ângulos retos ( 90º ). Entre as muitas realizações da escola e do seu mentor Pitágoras, também se encontra a construção de uma tabela que representava a tabuada do 1 ao 9 mostrada abaixo. Ela substitui eficazmente o velho livrinho da tabuada. Nesta tabela é possível também fazer divisões exatas entre os fatores e os produtos resultado das multiplicações. Na imagem está realçado a multiplicação 7 vezes 8 ( ou 8 vezes 7 ) e a divisão 56 por 7 ( ou 8 ). Bem mais prático que o livrinho não?

Pentagrama mostrando os dois pentágonos ( ABCDE e FGHIJ )
 em proporção áurea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...